sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O banco de jardim

Estou aqui num banco de jardim na faculdade.

Há 4anos na confusão do arraial, entre telemóveis sem bateria entre outras coisas, ainda dormi aqui umas horas. Não é assim tão desconfortável como pareceu na altura.

E o tempo (Setembro) estava muito melhor que agora, em que estou a começar a congelar os dedos.


Está na hora de sair daqui antes que comesse a chover.

Para o ano há mais.

Feliz natal.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Filme do Ano



É tão estúpido que até gostei.

4º!!!

4º graus!!!

Estão ( ou estava, duvido que tenha melhorado) 4º graus.

Acordei com o nariz gelado,

Fiquei literalmente a ver o autocarro passar. Mais 30segundos e não escapava!


Quero lá saber que está -20º na Rússia, estou a congelar!!!

Novo ponto de situação

O guarda-chuva já não vai para o lixo.

Foi só a pega que estava torta, tal foi o vento que apanhou... Perdi a conta de vezes que se virou, cheguei a casa com uma mão na pega e outra em cima para ele se manter aberto.

E amanhã de manhã vai sair de casa como se nada tivesse acontecido, porque é dos bons

Balanço da noite

2 mãos congeladas
1 pé completamente molhado
1 guarda-chuva para o lixo.

Ao menos não tive que esperar pelo metro, do mal ao menos. Coisa rara de acontecer.

Chuva, vento e frio, que combinação horrível.

Amanhã à mais.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Gelados de inverno ( O drama e o horror)

Quem nunca comeu gelados de inverno não sabe o que anda a perder.

Até os pode comer mais devagar que não derretem.

E pelos olhares vejo que muita gente não sabe o que perde.

Conversas a 2metros.

Sempre bom estar aqui a ouvir um colega que não conheço de lado nenhum a contar que na 5º passada ao sair da faculdade à noite foi assaltado.

domingo, 13 de dezembro de 2009

A sorte é que estou aqui no fundo da sala!

Tirar um fone e começar a falar é uma chatice, corremos o risco de mandar um berro que silencia a sala toda, e nem damos por isso.

E depois tiramos o outro fone, e reparamos que a sala está em silêncio total.

Finalmente chegou!

Agora sim, começou o Inverno a sério.

Vêm aí dias frios.

Pensava que os avisos eram meio a brincar, como têm todos os outros até aqui, mas não, agora é a sério. De manhã achei um disparate trazer um gorro, agora acho um disparate não o ter trazido.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Que olhar!

Hoje ao jantar estava meio distraído e enquanto me sentava comentei:

"Não devo comer isto tudo, isto é comida para duas pessoas!"

Bem, não queiram saber o olhar mortífero que levei de uma mulher que comia o mesmo que eu na mesa ao lado!

E não desolhou durante o jantar todo.

E o pior é que não comi tudo, e ela até raspou o prato. ( E sim, era meio gorda)

Fiquei marcado.

Publico vs Privado

No hospital publico as velhas discutem as doenças umas das outras e o comportamento das vizinhas e tal.

No hospital privado discutem sobre o Manuel Alegre e as suas sardas, entre outras coisas enquanto apelam ao voto no cavaco, um homem de bem e honesto.


@ Algures num hospital privado de Lisboa

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Por onde andará?

Hoje lembrei-me desta pessoa.

Nunca mais deu sinais de vida.

Espero que esteja tudo bem por aí. E já agora, feliz natal e ano novo! e essas coisas todas que se dizem em Dezembro.


assinado,
O teu lisboeta favorito.

A jantar


Com os meus amigos imaginários


@ Baixa

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

A salvadora



Começou como um mal necessário que só não repeti porque não dava tempo.

Pedras limão, pensava que seria igual à frize limão, aquele sabor a 7up sem açúcar, mas enganei-me. É bom, e bem bom.

A repetir.

@ Olivais Shopping

sábado, 5 de dezembro de 2009

Hoje ao fim da tarde

"Todas as saídas de Lisboa se encontram congestionadas, a única alternativa é esperar com um sorriso"

radio clube português



@ 2º circular

Hoje à tarde

Estas pessoas:


Olhavam para isto:


E amanhã continuaram a olhar, tal e qual como o têm feito nos ultimos 6 meses.

@ Rua Pascoal de Melo

Hoje de manhã

Cruzei-me com o Saldanha Sanches.

Parecia cansado e meio perdido.

Pena passar na joao XXI sempre super atrasado.

Mesmo assim arrependi-me que não o ter cumprimentado e desejar boa sorte para o projecto de trazer uma agência anti corrupção internacional não governamental para Portugal.

@ Av. João XXI

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Não beber café

Não cheguei a escrever aqui, mas desde sexta não bebo café e assim era suposto continuar até 2010.

Mas só durou até as 11h de hoje.

Do mal ao menos, sempre estou a diminuir o consumo.

Até na coca cola cortei. Parece que faz mal.

853 páginas para se ensinar a riscar?



pf... 20páginas não chega?

Não esquecer de ver a agenda

Para evitar que em vez de um calmo jantar no campo pequeno, habitualmente deserto, seja o caos com filas gigantes, só porque uns tipos auto-intitulados Franz Ferdinand andam por lá.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

O esquentador avariou

A minha garganta também avariou.

O pouco sono que tinha desapareceu.

Dois pijamas neste momento parece pouco, o frio é imenso.

Definitivamente espero não ter que repetir esta brincadeira, já de verão custa, de inverno é uma mini tortura.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Manias parvas

Ficar fechado em casa o dia todo faz-me sentir um porco na engorda. Vou pegar no guarda-chuva, sair com este tempo agreste, jantar fora sem necessidade, fazer uma pausa na faculdade, para continuar um trabalho que podia confortavelmente fazer em casa. E voltar de madrugada por ruas desertas, fazendo figas para que não chova nem seja assaltado.


Só porque sim.