sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O banco de jardim

Estou aqui num banco de jardim na faculdade.

Há 4anos na confusão do arraial, entre telemóveis sem bateria entre outras coisas, ainda dormi aqui umas horas. Não é assim tão desconfortável como pareceu na altura.

E o tempo (Setembro) estava muito melhor que agora, em que estou a começar a congelar os dedos.


Está na hora de sair daqui antes que comesse a chover.

Para o ano há mais.

Feliz natal.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Filme do Ano



É tão estúpido que até gostei.

4º!!!

4º graus!!!

Estão ( ou estava, duvido que tenha melhorado) 4º graus.

Acordei com o nariz gelado,

Fiquei literalmente a ver o autocarro passar. Mais 30segundos e não escapava!


Quero lá saber que está -20º na Rússia, estou a congelar!!!

Novo ponto de situação

O guarda-chuva já não vai para o lixo.

Foi só a pega que estava torta, tal foi o vento que apanhou... Perdi a conta de vezes que se virou, cheguei a casa com uma mão na pega e outra em cima para ele se manter aberto.

E amanhã de manhã vai sair de casa como se nada tivesse acontecido, porque é dos bons

Balanço da noite

2 mãos congeladas
1 pé completamente molhado
1 guarda-chuva para o lixo.

Ao menos não tive que esperar pelo metro, do mal ao menos. Coisa rara de acontecer.

Chuva, vento e frio, que combinação horrível.

Amanhã à mais.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Gelados de inverno ( O drama e o horror)

Quem nunca comeu gelados de inverno não sabe o que anda a perder.

Até os pode comer mais devagar que não derretem.

E pelos olhares vejo que muita gente não sabe o que perde.

Conversas a 2metros.

Sempre bom estar aqui a ouvir um colega que não conheço de lado nenhum a contar que na 5º passada ao sair da faculdade à noite foi assaltado.

domingo, 13 de dezembro de 2009

A sorte é que estou aqui no fundo da sala!

Tirar um fone e começar a falar é uma chatice, corremos o risco de mandar um berro que silencia a sala toda, e nem damos por isso.

E depois tiramos o outro fone, e reparamos que a sala está em silêncio total.

Finalmente chegou!

Agora sim, começou o Inverno a sério.

Vêm aí dias frios.

Pensava que os avisos eram meio a brincar, como têm todos os outros até aqui, mas não, agora é a sério. De manhã achei um disparate trazer um gorro, agora acho um disparate não o ter trazido.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Que olhar!

Hoje ao jantar estava meio distraído e enquanto me sentava comentei:

"Não devo comer isto tudo, isto é comida para duas pessoas!"

Bem, não queiram saber o olhar mortífero que levei de uma mulher que comia o mesmo que eu na mesa ao lado!

E não desolhou durante o jantar todo.

E o pior é que não comi tudo, e ela até raspou o prato. ( E sim, era meio gorda)

Fiquei marcado.

Publico vs Privado

No hospital publico as velhas discutem as doenças umas das outras e o comportamento das vizinhas e tal.

No hospital privado discutem sobre o Manuel Alegre e as suas sardas, entre outras coisas enquanto apelam ao voto no cavaco, um homem de bem e honesto.


@ Algures num hospital privado de Lisboa

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Por onde andará?

Hoje lembrei-me desta pessoa.

Nunca mais deu sinais de vida.

Espero que esteja tudo bem por aí. E já agora, feliz natal e ano novo! e essas coisas todas que se dizem em Dezembro.


assinado,
O teu lisboeta favorito.

A jantar


Com os meus amigos imaginários


@ Baixa

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

A salvadora



Começou como um mal necessário que só não repeti porque não dava tempo.

Pedras limão, pensava que seria igual à frize limão, aquele sabor a 7up sem açúcar, mas enganei-me. É bom, e bem bom.

A repetir.

@ Olivais Shopping

sábado, 5 de dezembro de 2009

Hoje ao fim da tarde

"Todas as saídas de Lisboa se encontram congestionadas, a única alternativa é esperar com um sorriso"

radio clube português



@ 2º circular

Hoje à tarde

Estas pessoas:


Olhavam para isto:


E amanhã continuaram a olhar, tal e qual como o têm feito nos ultimos 6 meses.

@ Rua Pascoal de Melo

Hoje de manhã

Cruzei-me com o Saldanha Sanches.

Parecia cansado e meio perdido.

Pena passar na joao XXI sempre super atrasado.

Mesmo assim arrependi-me que não o ter cumprimentado e desejar boa sorte para o projecto de trazer uma agência anti corrupção internacional não governamental para Portugal.

@ Av. João XXI

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Não beber café

Não cheguei a escrever aqui, mas desde sexta não bebo café e assim era suposto continuar até 2010.

Mas só durou até as 11h de hoje.

Do mal ao menos, sempre estou a diminuir o consumo.

Até na coca cola cortei. Parece que faz mal.

853 páginas para se ensinar a riscar?



pf... 20páginas não chega?

Não esquecer de ver a agenda

Para evitar que em vez de um calmo jantar no campo pequeno, habitualmente deserto, seja o caos com filas gigantes, só porque uns tipos auto-intitulados Franz Ferdinand andam por lá.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

O esquentador avariou

A minha garganta também avariou.

O pouco sono que tinha desapareceu.

Dois pijamas neste momento parece pouco, o frio é imenso.

Definitivamente espero não ter que repetir esta brincadeira, já de verão custa, de inverno é uma mini tortura.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Manias parvas

Ficar fechado em casa o dia todo faz-me sentir um porco na engorda. Vou pegar no guarda-chuva, sair com este tempo agreste, jantar fora sem necessidade, fazer uma pausa na faculdade, para continuar um trabalho que podia confortavelmente fazer em casa. E voltar de madrugada por ruas desertas, fazendo figas para que não chova nem seja assaltado.


Só porque sim.

sábado, 28 de novembro de 2009

Que deprimente

São três da manhã e eu estou a mudar os lençóis da cama para os de inverno e a acrescentar mantas para não congelar como ontem à noite.

(ahh... sim os últimos tempos têm sido calmos e uma pasmaceira total, dai os poucos post's)

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

"até oferecidas são caras"

Afinal existe mesmo uma outra Lisboa que não se resume a zeros e uns.



( Tanto se refilou, que o frio "a sério" parece que chegou mesmo, com chuva, e para ficar, nada contra, só gostava era de ao sair e voltar para casa não ir metade do caminho a pensar o que raio fiz ao cachecol que tanto jeito dava naquele momento. )

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Andamos engraçadinhos hoje!

No bar de civil o empregado da caixa diz uma piada que nem percebi o que disse, começa a rir e não repetiu a piada.

O empregado do atendimento diz que acabou o café, só descafeinado, insiste um pouco no assunto, e depois diz "surpresa, tava a brincar" enquanto se ri e mete as chávenas no balcão.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Coisas estranhas

Ver jovens a discutir matemática (avançada) com a mesma emoção de quem discute um jogo de futebol, é algo que por mais que veja nunca me deixa de causar estranheza.

Não dá multa?

Vi um maquinista da Fertagus  a falar ao telemóvel enquanto o comboio partia da estação!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Tenho fome e pronto..

.. com fome fico.

Por acaso é pena, uma pessoa de noite calmamente para casa a pé e não há um sitio aberto para comer.

Nem o McDonald's™ da av. de roma me safou.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Uma luta contra o tempo...

A minha mãe descobriu as maravilhas da web 2.0

Tenho 10minutos para por o quarto (aparentemente) a brilhar antes da videoconferência.

sábado, 14 de novembro de 2009

5minutos bem passados



... A analisar esta publicidade.

Ou somos mesmo tótós e não reparamos no óbvio, ou está mesmo bem disfarçado.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Comportamentos dos Lisboetas que não percebo

-> Castanhas, até fazem filas para comprar castanhas a pessoas com aspecto de pedintes.

-> Ler livros nos transportes públicos, como é que é possível conseguir ler como deve ser no meio da confusão e barulho?

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Um passeio pela baixa

Está uma pessoa na baixa a jantar, e está um casal estranho de meia idade na mesa em frente, ele andava a assobiar por todo lado, ela sorria por todo o lado.

A caminho da rua, ainda hesito, gomas ou gelado? Ganhou as gomas porque havia fila para os gelados.

100metros mais à frente... uma pedinte pede uma moeda, ou uma goma!
Outros 100metros mais à frente, já no metro, outro tipo, pede-me 20centimos.. ou uma goma!


Para a próxima opto pelo gelado.

Baixa de Lisboa,
21h
(8 Novembro)




O Rui Veloso é que tem razão.


A outra Lisboa..

... que teimamos em não ver.

domingo, 8 de novembro de 2009

bora?




Se alguém quiser gastar dinheiro à parva tem aqui uma boa ideia.

Só mais uns dias




... e tá despachado..

Lá ver se aguenta.

Pela minha saúde.

Um tipo qualquer!

Hoje estava nas compras e um telemovel perto de mim começa a tocar parte desta musica:



e vai ela e diz para a amiga antes de atender
"é o meu namorado"

Podia escolher uma musica melhorzinha... "now i love someone".. dá a ideia que é um tipo qualquer, do tipo ia a passar na rua e olha, não é tarde nem é cedo, és já tu. Uma espécie de jogo da cadeira em que o que interessa é não ficar de pé, a cadeira é indiferente.

É só uma musica, é verdade, mas não há musicas inocentes.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Conversas alheias

Hoje tive a oportunidade almoçar na mesa ao lado do típico almoço
entre "a amiga e o amigo rabeta que todas fazem questão de ter"

E entre conselhos sobre moda e outras coisas, lá começaram a falar da relação dela, aprendi expressões novas como "ele fica pela periferia e não vai ao centro".

E enquanto ele lhe traduzia para palavras o significado escondido de todos os actos e gestos que ela não percebia, só me ocorria uma palavra... traidor!

domingo, 1 de novembro de 2009

Preparem-se...

Amanhã começa o inverno a sério.

Parece que desta é que é.

E eu ainda vou na conversa..

Resolvi inovar e em vez de comprar o sumo de laranja do costume, comprei o sumo de laranja-maça.

A não repetir.

tou a ficar velho.

Em menos de 36horas partir um dente e lesionar-me um pé não é para todos.

ahah vai tu!

Hoje estava uma jovem rapariga a passear o seu mini cão.

Tinha uma bola na mão que o cão tentava tirar como podia, até que ela atira a bola e o cão fica quieto a olhar para ela.

Teve que ir ela buscar a bola.

sábado, 31 de outubro de 2009

Feliz da vida

O raio do cão aqui do vizinho do resto chão ladra.

Mas como ninguém lhe dá resposta calasse.

Mas agora outro cão algures respondeu-lhe, é uma alegria, dois cães a ladrarem como se não houvesse amanhã.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Que bela conversa

"sabiam que o bambu só dá fruto de 48 em 48 anos, que é afrodisíaco, e quando isso acontece ocorre uma praga de ratazanas?"

"o que é que isso tem haver pro trabalho?"

"nada, é cultura geral e um bom desbloqueador de conversa"

@ Faculdade

domingo, 25 de outubro de 2009

Todos os meses penso nisto...

Como seria tão mais fácil se lavasse a loiça poucas horas depois de a usar.

Lavar em 30segundos um copo que 1mês depois está tão ressequido que demora 5minutos.

Ou optar por soluções intermédias, como colocar alguma agua na loiça para não ressequir.

Todos os meses enquanto estou a lavar a loiça penso nisso.

Duvido que o próximo mês seja diferente.

Que desagradavel

Ver o filme "delator!"(ingles: "The Informant!") a comer pipocas faz-nos sentir bastante mal nos instantes iniciais.



Que já viu o filme percebe porquê.

tás muito ocupado?

Então toma lá um convite pro google wave \o/.

Obrigado google, tava à meses à espera disto, e agora que o trabalho aperta é que me ofereces isto para me distrair, mesmo a calhar

Longe de mim ser mal agradecido \o/

Para quem não sabe:
Em desenho:

Pequeno exemplo de uso:

(um video mais a sério aqui )

é o futuro.

( Sim, se alguém quiser tenho convites disponiveis )

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Isto de ter pressa é sempre um perigo...

Numa esquina ia esbarrando num tipo, e depois na estrada ia sendo atropelado, isto tudo em menos de 10segundos e dentro da faculdade.

Tudo porque estava(muito) atrasado para uma aula.
Começo a achar que aquela cadeira vai dar cabo de mim, literalmente.

Por mim continuava a viagem!

"estação terminal - Façam o favor de sair do comboio"

Que falta de respeito, estava a dormir tão bem...

@ Oriente

Gente sem tempo...



Que lêm enquanto almoçam..

Ironicamente era um livro sobre viagens... mas como é que alguém que lê enquanto come pode ter tempo para viajar?

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Até foi fixe!

Fiquei sem um dente, a sangrar do lábio e da língua. E a dentista tinha mais equipamento de protecção que um médico legista que se prepara para cortar pessoas!


Ver se troco de dentista, antes da próxima consulta.

Coisa pouca...

Isto de ter a carteira a dar as ultimas é tramado.

Entro numa loja, olho, e pergunto o preço de uma carteira que lá estava... responde a senhora muito simpaticamente, 250€ !!!

Mas pelos vistos disfarcei bem que sou uma pobre alma, porque ainda fez questão de mostrar o resto da colecção!

@ Colombo

C.S.I.

Corpo de Serviço Interno

Vi um tipo com esta t-shirt...

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Rigoramente nada

Não tropecei, não foi assaltado, não cheguei atrasado, não caiu nada, não perdi nada.

Um dia normal igual a tantos outros.

Mas há por ai reles-desconhecidas que fazem anos.

Parabéns.

(não, não me lembrei de maneira mais infantil )

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Não acredito em coincidências!



Correio da manhã, 1:38h


Maneira muito subtil do CM dizer que o Sócrates(menino de ouro do PS segundo um famoso livro..) só fica na cadeira dois anos.

Tão subtil que ninguém percebeu :x

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Faltam-me palavras

Gostava de ter o dom das palavras para conseguir descrever de forma clara o que vi à saída do metro, uma mulata (à volta dos 20 e muitos anos) à entrada do metro a comer pipocas num papel em forma de cone, e nisto um típico português barrigudo de meia idade pára à frente dela e começa a acariciar o papel das pipocas enquanto olha para ela! LOL

Só passado uns segundos é que ela virou-lhe as costas é percebi que não se conheciam... e o velho lá continuou caminho, a rir.

Foi o texto que arranjou, com um português ordinário era capaz de ficar melhor.

Também quero ver...

"então quero ver se me dás uma chapada quando aí chegar"

Rapariga com o dobro do meu tamanho ao telemóvel

@ Vasco da Gama

Tentativa de assalto nº343952374

dentro do prédio!

Ao entrar no prédio, assim de relance vejo 2 tipos com pinta de assaltantes, mas nem liguei, em Lisboa metade das pessoas têm pinta de assaltante, mas pelo sim pelo não fechei a porta com mais força, não é que o cromo(só 1) ainda vai a tempo de entrar no prédio, começa a subir até que às tantas me passa à frente mete uma lata no chão e diz "apanha!" (???)

Nisto barra-me o carrinho, lá berrei "heyy!" ( até fez eco) e ele deixa-me passar enquanto fica parado, subo uns degraus, depois diz sons imperceptíveis e pergunta..

"sabes se a Joana mora no 4º andar?".

"não."

e pronto, subi e ele desceu.

e já agora, não existe 4º andar..


Felizmente que só me calham assaltantes inexperientes, espero que assim continue por muito tempo.

chillout



Conjunto de pessoas stressadas pela circulação estar interrompida.

Já do outro lado da linha, num comboio praticamente vazio, aproveitei para meter o sono em dia, uma das melhores viagens de sempre, mesmo tendo demorado 20minutos em vez dos usuais 2minutos.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

10 segundos no corte ingles..

..sentido restaurantes -> supermercado com muita atenção:

Um policia no multibanco, uma senhora a comer um gelado desesperadamente, uma miúda a segurar a cerveja da mãe enquanto os pais fumavam desalmadamente. Uma senhora a tirar uma maçã da prateleira e caiem meia dúzia no chão.

E amanhã?

Ontem queria sair de casa e não achava a chave de casa.

Hoje queria sair e não achava o passe.

Aceitam-se apostas para o que não vou encontrar amanhã.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

sábado, 10 de outubro de 2009

Será que a conhecia?

O metro a chegar, uma rapariga do outro da linha faz adeus na minha direcção, olho para trás, não estava ninguém atrás de mim(só uma parede!), olho para frente, encolho os ombros, ela ri-se e o metro chega.

E lá vai à sua vida.

@ Olivais

Lisboa vai a votos...

A reter:

"Peço às pessoas para votarem em força, mesmo à juventude que se deita mais tarde pode votar antes de ir dormir."
Pedro Santana Lopes

"O que falta é uma ideia de fundo para Lisboa. Não chega discutir o aeroporto ou o terminal de contentores."
Francisco Ferreira da Silva, "Diário Económico"



"A candidatura do PS, que de acordo com o estudo de opinião tem menor capacidade de atracção dos jovens e é mais eficaz entre os eleitores menos instruídos"


"A candidatura de Santana apresenta nesta sondagem um conjunto de indícios que tornam possível a caracterização do seu eleitorado. Os mais velhos revelam-se mais disponíveis do que a juventude para nela votar. E é entre cidadãos detentores de curso superior que mais apoios recolhe."

Jornal Noticias

Agora percebo porque que o PS pouco faz para melhorar a instrução das pessoas.

(háa, sim, ouvi dizer praí que hoje não se podia falar destas coisas)

Muito estranho

Ouvi vozes de duas pessoas na casa de banho fechadas no mesmo compartimento.

@ Colombo

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Descobre o que não bate certo...

Não é tão seguro quanto parece...



Experimentem ir na rua a comer calmamente um hambúrguer. É com cada olhar, parece que nos querem roubar o hambúrguer.

voltamos ao mesmo



As formigas voltam a atacar.

Nota pessoal (II)

Nunca mais dizer ao tipo da churrascaria "picante nunca é demais"...

3litros de agua depois e algumas lágrimas pelo meio lá desapareceu o frango.

Quanto ao picante, nem com tantum verde desapareceu.

Truques manhosos

Sempre achei interessante que muita gente, por genialidade ou ingenuidade, quando leva para os hipermercados sacos externos não fechados, o fazem passar pelo tapete para a funcionária "os inspeccionar", coisa que nunca faz, e assim lá passam os sacos fora do alcance do alarme.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Não tenho nada contra..

Nem contra o calor.

Nem contra a chuva.

Mas os dois juntos é horrível.

Dias como o de hoje são horríveis, e amanhã à mais.

Pelos vistos não chovia o suficiente...



(Não se nota muito bem, mas estava a chover!)

Desporto não é apenas futebol...

Experimentem comprar equipamento que não seja para futebol... e vá, atletismo.

Não é fácil.

A adidas da baixa não passa de uma filial não oficial de uma loja Benfica(futebol).

Fora as outras 1001 lojas que se dizem desportivas mas equipamentos... só futebol(e atletismo).

A parte fixe de ir à cidade universitária nestas alturas...

é que me faz relembrar como as praxes do técnico tão bem acima da média.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Voltando à obra...

Os lisboetas começam a dar pela obra:

EMEL a facturar.


Acabou o verão

Com ele acabam outras coisa.


Manhã:
(brasileira dos seus 40's e tais ao telemóvel):

"ele pensa que eu sou burra, mas ele é que burro (...) ela havia de um enxerto de porrada como eu levo ás vezes que fico com o olho roxo para ver o amor que ele é"
(...)
"a menina, que já tem 43anos, disse-me que não sabia que ele era casado, mas eu não sou parva (..) já não faço vista grossa mais (...) ver se chego a casa a tempo de lhe fazer o jantar"

Tarde: ( casal de 20 anos)

ela: "temos de falar calmamente"
ele: "A única pessoa que fala calmamente sou eu, tu não consegues"
ela: "mas eu fartei-me de tentar falar contigo"
ele: "nunca estive incontactável"
(..)
ela: "parece-me que chegamos ao fim" (íamos a passar cabo-ruivo)
(..)
Chegamos a oriente e vão para lados diferentes.


Próxima primavera recomeça tudo novamente.
Com isto tudo, a Ana Garcia Martins é que tem razão

Lisboa, 7:20h



( quem diria que o Mika fazia mais do que musicas alegres)

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Ouvir os outros enquanto se espera

Isto de ficar 10minutos de seca à espera de um hambúrguer tem que lhe diga.

Faz com que tudo se torne interessante, desde ver as batatas fritas a fritar a olhar para o chão a ver se está bem limpo.

Igualmente interessante é ouvir as primeiras palavras das pessoas quando chegam à caixa:

"boa noite(...)" ( sentido)
"boa noite(...)" ( com desprezo)
"muito boa noite(..)"
"olá menina, quero (...)"
"ora vamos lá(...)"
"cá vamos nós (...)"
"Quero (..)"
"Apetece-me (..)"
"Quanto custa(..)"
"tem (...)"
E ainda vi a proeza de um tipo que entregou um talão de desconto, o dinheiro, e nem uma palavra.

Foram 10 minutos bem passados.

As placas já estão no sitio...

... e pessoas a fazerem de espantalhos também.




Agora só falta a obra, que ainda não vi nada.

Mas por mim ficava assim para sempre, melhor ter sempre dois policias de transito 24h/dia na avenida do que não ter nenhum.

vêm aí as autarquicas...



Uma luta contra o tempo para meter Lisboa a brilhar.

Por mim acho bem, não podemos receber o Santana com uma Lisboa suja.


( disclaimer: não apoio (efusivamente) nenhum deles)

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Violência gratuita



@ Cidade Universitária

E pronto, voltou tudo ao normal

Deixou de haver propaganda do PCP à entrada da portugália e do Bloco à saída do metro.

Voltou finalmente a velha publicidade ao dentista e ao professor que adivinha tudo.

Até o metro voltou a avariar!

Os mendigos regressaram de férias.

Só falta a chuva, mas mesmo essa está para breve.

A ressaca da noite anterior...

domingo, 27 de setembro de 2009

sábado, 26 de setembro de 2009

Ok... há mais forretas que em Lisboa

A propósito deste post.

Eu pensava que em Lisboa eram forretas... Mas foi até ter ido a um certo McDonald's na margem sul.

Ketchup a mais? só dois, queres mais pagas.

Tens descontos? Não são válidos aqui.

Desconto de estudante? ... Não querias mais nada?

Afinal em Lisboa não são assim tão forreta quanto pensava...

Vendo bem as coisas, no Algarve é que somos generosos.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Até correu bem...

Tirando o adormecer e quase ir parar a Santarém.

O adormecer na 1º aula.

O ter visto mal a sala da 2º aula e era só do outro lado da faculdade... afinal não, era na sala ao lado da sala que "tinha visto mal". Andar a pé faz bem.

O não ter adormecido na 3º aula ( café faz milagres ), mas bem que podia ter adormecido, foi talvez a única aula do dia que não perdia nada em dormir.

O ter partido o guarda-chuva (sim, o tal que tem 3meses e o inverno ainda nem chegou..)

.. A sério, correu bem.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

A esquerda moderna!

Hoje lá ia eu mais a tralha para o metro e lá estavam à entrada da estação os tipos da publicidade, desta vez do BE.

como só tenho duas mãos lá disse:
"hoje não dá... ainda por cima do bloco!"

O tipo lá repetiu meio a rir "ainda por cima?!" ... e ficou sem resposta, mas espero que o BE ganhe e me atribuía o rendimento mínimo garantido, e se não for pedir muito, uma casa à borla também dava jeito. E acabar com as propinas também me soa bem. Pelo caminho devem mandar o país para a bancarrota, mas não faz mal, nessa altura já devo estar noutra capital europeia.

enfim, muito melhor que a velha do pcp

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Não há de ser nada...

"epá, tenho andado com febre e mau estar geral, dor de cabeça e tal, mas hoje já tou bom, não deve ser gripe A"

@ Pessoa ao meu lado na faculdade.

Já o enganaram no stand...

Hoje vi um pobre coitado, por acaso conduzia um Porsche Cayenne GTS a sair do carro na bomba de gasolina e a pedir para o empregado "gasolina 95 normal"...


Também que isso gasta que nem um lavardo... mas epá, ou metes "gasolina 98 premium" ou trocas de carro porra.

Ter um carro de 130mil€ e depois andar a poupar em combustível é assim meio... patético. Já para não falar no mal ao motor.

Alguém lhe devia ter explicado que quem compra carros desses não pode ser forreta!

Vai na volta e os pneus eram dos chineses... que pneus 295 não são baratos.

Mas a culpa não é dele, deve ter sido enganado no stand o coitado... aqueles malandros, fazem tudo para vender!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Ainda há apeadeiros na grande Lisboa?

"este comboio efectua paragens em todas as estações e apeadeiros a partir de sete-rios"

domingo, 13 de setembro de 2009

Validade, o que é isso?

Fome, chocolate, lá ia eu alegremente comer algo, quando reparo numas manchas brancas:




Validade?


Não existe. Validade é para produtos rascas.

( Reparem o cuidado que tive para não dizer que o chocolate era o crunch, da nestle comprado numa maquina automática da faculdade !)

Olhar atento...

Perdi-me literalmente em São Sebastião, saindo da linha vermelha, para o corte inglês.

Acho que indo a pé desde a alameda tinha chegado primeiro.

A arte da estação é tão gira que ainda hesitei se isto era arte ou grafiti:

sábado, 12 de setembro de 2009

Tanto amor e abraços...

À entrada do InterCidades para a Guarda, que assim que ela lhe vira as costas, ele mete um pé no comboio, ainda a tenta chamar, e "quase que ela ouvia"...

Ala que se faz tarde!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Mais uma moeda, mais uma volta!

À entrada da faculdade o rádio parecia que estava a falar para mim.

"Bom dia!
Hoje foi divulgado um estudo da OCDE que coloca Portugal ao nível dos membros da OCDE que menos investem na educação"


bom dia para ti também...

Isto é que foi começar o dia em grande!

Com chuva e trovoada.

A lembrar os bons e saudosos dias de inverno.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Vamos lá falar da Starbucks

Podemos começar com o:
Café Frappuccino® com Caramelo
ou segundo o recibo:
"F/BR de caram (V)"

Em lado nenhum falam do gelo. E aquilo é só gelo.

e o caramelo? é o nome em maior destaque, mas no copo é o em menor quantidade.
Umas riscas no topo, mal se nota, faço riscas mais grossas com a minha lapiseira 0.5mm.


E a mania de nos tratarem pelo nome?
Quase que dá vontade de refilar.

A wc é muito à frente, tem código na factura, mas confesso que não dei por ela, devia estar disfarçada de telefone como nos filmes.


E não tem café à americana, só o vulgar e europeu "Espresso". Não faz sentido, isto seria como ir ao McDonald's e em vez do famoso BigMac encontrar bacalhau com natas.


Outra coisa irritante é os nomes darem ares de italianos. Para pedir coisas em Italiano vou ao "caffe di roma" e não a uma cafetaria americana fundada por três americanos de Seattle.


Resumindo, não é grande coisa, mas por mim voltava lá já amanhã.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Devia ser crime!

Vai uma pessoa de madrugada( pronto... 9h20) de trombas e olheiras, e vê pessoas felizes de toalha ao ombro.

Praia antes das 13h devia ser proibido.

Simpáticos

Conversas de elevador

Hoje cruzei-me com uma actiz dos morangos com açúcar no elevador, que por sua vez encontrou um tipo qualquer com idade para ser pai dela.

-> "então que faz agora o teu namorado?"

-> "trabalha na PT"

-> "PT ?!"

-> "não se preocupe, não é como comercial"

(...) Saíram do elevador.

Fez-me lembrar isto:

Só queria um café...




e sai-me isto na rifa.

Ano de eleições.

As obras do metro não acabaram a tempo, mas lá vão acabar mesmo em cima das autárquicas. Só por acaso obviamente.



As estradas todas alcatroadas:


Até lugares só para motas se lembraram:




Segundo li por ai, até andam a multar carros (leia-se pessoas que residem fora de Lisboa e que incomodam os eleitores lisboetas).

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

As garrafas.

Hoje ás 18:40h, alameda, linha vermelha, choveu garrafas de vidro contra as carruagens atiradas por putos no topo da estação.

Achei piada aos seguranças que em vez de subirem, desceram, devia ser para lhes fazerem mira, mas chegaram tarde que já tinha parado o arremesso de garrafas.

sábado, 15 de agosto de 2009

Quase que estava lá.

"Está aberto Sábado?"

"Sim, não se preocupe, sábado estamos cá."

Claro que está, como se pode ver.



Peço desculpa pela foto desfocada, mas tirar fotos debaixo de empurrões não é fácil.

@ El Corte Inglés

Ponto de situação das bandeiras

Nós ficámos sem a nossa bandeira. A Câmara ficou sem a bandeira deles. A PSP ficou com as bandeiras todas. Resultado da noite: Não há mais bandeiras para ninguém.

31 da Armada

ora...deixa cá ver.

Já vejo com os meus olhos
Já vejo sem me deslumbrar
Já vejo as limitações
Já vejo com os meus olhos
Já vejo sem enganar
Perdi as ilusões
Conheço as limitações

Já não sou quem era
Meus sonhos não são iguais
Já não sou quem era
A hora é sincera


António Variações

( Dedicado a ... sei lá, pode ser ao casal que hoje discutia no Corte-Inglês )

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

não...eu não ouvi isto!

Conversas de mulheres:

"O meu mais que tudo mandou-me uma sms a disser que esperava que eu esteja tão maluca por ele, como ele por mim, pode ser que indo os dois tenhamos desconto no psiquiatra"

epá...
Sinceramente, se não for muito caro, eu pago...

Já vejo a luz!


Finalmente.

Mas agora vou é dormir, que não serve de nada ver a luz se não ouvir o despertador.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Até fui educado!

Hoje, ia na rua, e nisto ao passar por uma bancada improvisada, uma senhora já de idade mostra-me uma revista (nem vi o nome, mas tinha o símbolo do PCP ) e pergunta:

"Não quer comprar uma revista para ajudar o partido?"

respondi:

"não... só pro lixo".

Não é que o raio da velha se passou e chamou-me mal educado entre outras coisas que não percebi porque a deixei a falar sozinha.

Muito educado fui eu.

Devia ter chamado a policia, duvido que tivessem licença de venda na via publica.

Não aconteceu nada, nicles.

Ia eu descansado, quando vejo dois negros a atravessarem a estrada a correr.

vêm na minha direcção.

Só tive tempo de pensar "hoje não, não me lixem".

Uma dele estendeu-me logo a mão enquanto dizia

"olá jovem!"
...e continuou:
"Sabes onde fica o 220?" (não percebi muito bem, mas também não pedi para repetir).

Lá respondi que não fazia ideia enquanto encolhia os ombros.

Agradeceram e continuaram viagem a passo acelerado.

Confesso que me senti frustrado... Enquanto se afastavam apetecia-me gritar
"Querem o telemóvel? .... carteira? ... uma moedinha pro café?"
mas nada... bah... malditos estereótipos!